Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 04 de Abril às 08h25

Alanac quer rever norma de precificação de remédios

Criada há 36 anos, a Associação dos Laboratórios Farmacêuticos Nacionais (Alanac) vem trabalhando pela modernização da regra de regulação de preços de medicamentos. Segundo o diretor executivo Henrique Tada, a entidade já recebeu da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) uma sinalização, pela qual o órgão se mostra predisposto a mexer nas regras atuais.

?O reajuste anual de medicamentos não atende totalmente à expectativa do mercado, uma vez que advém de fórmula criada há 16 anos. É urgente e necessário haver uma revisão?, afirma o executivo. Segundo ele, entre as reivindicações está a inclusão de produtos com inovação incremental ? que incorporam novos elementos em relação à versão original, mas sem alterar as funções básicas.
A Alanac reúne 46 laboratórios farmacêuticos nacionais, que respondem por mais de 70% do movimento do varejo farmacêutico e atuam tanto em saúde humana como animal. ?Prezamos sempre pela inovação tecnológica e pela ampliação do acesso da população a produtos de qualidade, seguros e eficazes?, ressalta Tada.

Com esse propósito, a entidade também apoia o pedido, enviado à Anvisa, de isenção de prescrição médica para alguns remédios. São produtos que apresentam baixo potencial de risco, mesmo que de forma gradual e em uma categoria onde a concorrência é mais acirrada.

Fonte: Redação Panorama Farmacêutico
Link:https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/04/02/alanac-quer-rever-norma-de-precificacao-de-remedios/

Veja também

Hábitos saudáveis ajudam a prevenir a hipertensão03/05 No Dia Nacional de Combate à Hipertensão, 26 de abril, o Ministério da Saúde chama a atenção da população para a importância de hábitos saudáveis como forma de prevenção e controle da pressão alta, como a doença é popularmente conhecida. O consumo excessivo de sal, o tabagismo e, somado a isso, o consumo de álcool e o sedentarismo são fatores de risco associados à hipertensão, que atinge um a cada quatro brasileiros......
Hábitos saudáveis poderiam evitar 27% dos casos de câncer no Brasil26/04 Maria Fernanda Ziegler  |  Agência FAPESP ? Tabagismo, consumo de álcool, excesso de peso, alimentação não saudável e falta de atividade física são os fatores de risco associados a um terço das mortes causadas por 20 tipos de câncer no Brasil, segundo um novo......
Brasil consome 56,6 milhões de caixas de calmantes e soníferos08/07 Em 2018, vendeu-se o equivalente a 1,4 bilhão de comprimidos de apenas oito princípios ativos Os brasileiros compraram, em 2018, mais de 56,6 milhões de caixas de medicamentos calmantes e soníferos. Sendo assim, mais de 6 mil caixas vendidas por hora ou,......

Voltar para Notícias