Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 12 de Junho de 2019 às 08h03

Anvisa aprova duas consultas públicas para Cannabis medicinal

As duas propostas de Resoluções da Diretoria Colegiada (RDCs) que entrarão em consulta foram produzidas a partir de estudos e evidências científicas sobre o benefício terapêutico de medicamentos feitos à base da planta.

Uma delas trata dos requisitos técnicos e administrativos para o cultivo da planta por empresas farmacêuticas, única e exclusivamente para fins medicinais e científicos. A outra traz os procedimentos para o registro e monitoramento de medicamentos produzidos à base de Cannabis spp., seus derivados e análogos sintéticos.

As regras preveem o monitoramento e a rastreabilidade dos medicamentos, desde o produtor, passando pelo transportador e drogarias, até o paciente. Portanto, a regulação será rigorosa quanto à cadeia de produção, distribuição e consumo dos medicamentos produzidos.

De acordo com a Anvisa, as normas serão aplicáveis apenas a medicamentos cuja indicação terapêutica seja restrita a pacientes com doenças debilitantes graves e/ou que ameacem a vida e sem alternativa terapêutica.

Com a aprovação das consultas públicas pela Dicol, o próximo passo é fazer o trâmite de encaminhamento dos documentos para publicação no Diário Oficial da União (D.O.U). As consultas serão abertas a contribuições de empresas, universidades, órgãos de governo e de defesa do consumidor, além de profissionais de saúde e da população em geral.

Veja também

Longevidade das empresas de saúde12/06/19 O processo de fusão de aquisição no setor de saúde pode ajudar as empresas a ganharem mais musculatura para enfrentar as turbulências no mercado de assistência médica privada. Desde 2015, mais de 3 milhões de pessoas perderam seus planos de saúde, de acordo com dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Isso é resultado de uma retração de cerca de 1,5 milhão de postos de trabalho. “O plano de saúde é......
Saúde incorpora 5 novos medicamentos para tratamento de quatro doenças26/09/19 Pacientes com hidradenite supurativa, colangite biliar primária, fenilcetonúria e uveíte não infecciosa contam agora com tecnologias que devem melhorar o tratamento e a qualidade de vida Cinco novos medicamentos e uma associação medicamentosa, quando dois......
Estilo de vida é fator determinante para manter a saúde do coração29/03/19 A OMS (Organização Mundial da Saúde) estima que 80% das mortes por doenças cardíacas no mundo seriam evitadas apenas com mudanças no estilo de vida. “Tirando as doenças congênitas, os outros males que acometem o coração e podem culminar em insuficiência......

Voltar para Notícias