Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 28 de Agosto às 08h20

Anvisa realiza revisão da norma de rótulos de medicamentos

O objetivo da revisão da norma de rótulos de medicamentos é estabelecer novos critérios para a rotulagem de medicamentos e produtos biológicos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) quer selecionar especialistas voluntários para participar do grupo de trabalho que vai revisar a Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 71/2009. A norma estabelece regras para a rotulagem de medicamentos e da RDC 137/2003, que dispõe sobre frases de advertência de bulas e embalagens. Esse é o objetivo do Edital de Chamamento 11/2019. O edital foi publicado pela Anvisa no Diário Oficial da União na última sexta-feira (23/08). Com a revisão da norma de rótulos de medicamentos, a Anvisa pretende estabelecer novos critérios para a rotulagem de medicamentos e produtos biológicos. Além disso, outro objetivo da revisão é estabelecer novos critérios para as frases de alerta das bulas e embalagens. Dessa forma, permitindo uma maior interação entre o setor regulado e a Agência. A revisão inclui todas as categorias regulatórias de medicamentos e produtos biológicos.

Os interessados podem fazer inscrição de 26 a 30 de agosto por meio de formulário eletrônico. O resultado final com os selecionados será publicado no Diário Oficial da União em 16 de setembro. Com ele, estará a portaria de designação do grupo de trabalho. Podem se inscrever para participar do grupo de trabalho profissionais de saúde, entidades representativas da indústria farmacêutica, setor produtivo de medicamentos ou qualquer outra instituição ou profissional. Dessa forma, os profissionais devem deter informações sobre normas técnicas para a rotulagem de medicamentos e produtos biológicos, com pelo menos cinco anos de experiência nacional ou internacional nas áreas de segurança do paciente, assuntos regulatórios relacionados ao registro de medicamentos sintéticos e semissintéticos. Além disso, os demais critérios de seleção estão detalhados no edital.
Fonte: Anvisa

Veja também

Especialista enfatiza prioridade na regulamentação da telemedicina28/05 A telemedicina muda o modelo de negócio, a remuneração e toda a cadeia da saúde. 2019 é o ano da virada. Estima-se que de 20 a 25% das consultas serão feitas remotamente nos próximos 5 anos. A preocupação desse ano é resolver a questão da consulta remota, telemedicina, estabelecer um relacionamento remoto entre o médico e o paciente. Em SP já existem 3 mil médicos atuando dessa forma. Essa é a opinião de......
Lei geral de proteção de dados obriga farmácias a se adequarem08/07 A implementação da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) deve ocorrer com urgência nas empresas da área da saúde devido ao caráter de suas informações Entrará em vigor em agosto de 2020 a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) e sua......
Asas do Bem: parceria com empresas aéreas leva vida a todos os cantos do Brasil09/09 Entre chegadas e partidas, as companhias aéreas tornam-se essenciais na corrida contra o tempo de quem precisa de um transplante Quando uma família diz ?sim? para a doação dos órgãos de um ente querido que acaba de falecer, centenas de pessoas começam a......

Voltar para Notícias