Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 22 de Julho de 2019 às 08h00

Anvisa recebe 16 pedidos ao dia para importar Canabidiol

Demanda de pedidos para importar Canabidiol em 2019 está prestes a ultrapassar a de todo o ano passado. Em 2018, foram ao todo 3.613 demandas

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu em média 16 pedidos diários de pacientes para importar canabidiol, o composto da Cannabis , neste ano ? um recorde.

De janeiro até 3 de junho, a Anvisa registrou 2.511 solicitações para importar medicamentos com o composto.

Em 2018, foram ao todo 3.613 demandas para importar Canabidiol. Se a média de 2019 se mantiver, o número será ultrapassado já no mês que vem.

Assim, desde 2015, quando esse tipo de processo foi permitido pela Agência, foram contabilizados 10.108 pedidos.

Apesar de as autorizações serem para remédios apenas de fora do País, a escalada nos números tem dado espaço para uma atividade nacional: o meio de campo entre pacientes, médicos e a Anvisa.

Empresas como a Dr Cannabis, especializada nesse serviço on-line, fornecem o passo a passo burocrático aos médicos. Além disso, eles auxiliam na revisão da papelada e no envio para a Anvisa. Em um ano, o site atendeu 2.200 pacientes e 200 médicos.

Fonte: Época

Veja também

Falta de higiene em centros de saúde afeta 2 bilhões de pessoas03/04/19 Sete mil bebês morreram, em 2017, pela inadequação no parto Uma em cada quatro unidades de saúde no mundo, considerando sobretudo os países em desenvolvimento, tem problemas graves de falta de serviços básicos de água e higiene, causando impacto em mais de 2 bilhões de pessoas. Nesses locais não há instalações básicas para higiene das mãos e separação correta e segura de eliminação de resíduos. Os dados estão......
Inteligência artificial pode prever mortes prematuras, diz estudo16/04/19 Pesquisa em Nottingham diz que machine learning melhorará a saúde preventiva Um estudo realizado por especialistas da Universidade de Nottingham, na Inglaterra, indica que computadores que são capazes de prever mortes prematuras de humanos serão de grande......
No 1º bimestre do ano, 54% da indústria apresentou queda08/04/19 O primeiro bimestre deste ano foi de retrocesso para mais da metade (54%) dos segmentos industriais do País. Mas a situação é ainda pior para setores como o de calçados e o têxtil, que acumulam perdas pelo menos desde outubro. Segundo representantes desses......

Voltar para Notícias