Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 10 de Outubro às 13h29

Comissão de Finanças aprova inclusão de novos medicamentos no Farmácia Popular

A proposta para a inclusão de novos medicamentos no Farmácia Popular tramita em caráter conclusivo e já foi aprovada pela comissão de Seguridade Social e Família

A Comissão de Finanças e Tributação (CFT) da Câmara dos Deputados aprovou a inclusão de novos medicamentos para disfunções tireoidianas, fibromialgia, artrite reumatoide, ansiedade e depressão no programa Farmácia Popular. Trata-se do Projeto de Lei 13/15, do deputado Lucas Vergilio (SOLIDARIEDADE-GO).

Esse programa oferece medicamentos gratuitos ou com desconto em rede própria ou credenciada. Atualmente, estão cobertos remédios para hipertensão, diabetes, asma, colesterol alto, rinite, doença de Parkinson, osteoporose, glaucoma e anticoncepcionais.
A CFT é responsável por determinar se as propostas em tramitação na Câmara são compatíveis com o orçamento e o planejamento financeiro do País.

Assim, o relator, deputado Glaustin Fokus (PSC-GO), avaliou que a proposta não traz prejuízos para as contas públicas. ?Eventuais impactos futuros poderão ser considerados como irrelevantes?, disse.

Além disso, Fokus afirmou que parte dos medicamentos usados para as novas doenças incluídas, como analgésicos e anti-inflamatórios, já estão cobertos pelo Farmácia Popular.

Tramitação da inclusão
A proposta para a inclusão de novos medicamentos no Farmácia Popular tramita em caráter conclusivo. Já foi aprovada pela comissão de Seguridade Social e Família e agora segue para a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fonte: Agência Câmara Notícias

Veja também

Secretaria da Fazenda de São Paulo realiza Operação Enxaqueca para apurar fraudes no ICMS de medicamentos14/08 Secretaria da Fazenda e Planejamento do estado de São Paulo iniciou ontem (08/08) a primeira fase da Operação Enxaqueca. Ao todo, serão alvos de diligências 133 contribuintes ativos que comercializam medicamentos e receberam essas mercadorias de outros estados. A estimativa é que nos últimos anos essas empresas tenham causado prejuízo de R$ 79 milhões aos cofres públicos. Esse prejuízo ocorreu por meio de fraudes,......
Enxaqueca: primeiro tratamento específico contra ela chega ao Brasil26/03 O remédio promete reduzir o número e a intensidade das crises de dor de cabeça ? e trazer menos reações adversas que os tratamentos atuais. Embora atinja uma a cada sete pessoas, a enxaqueca não tinha no Brasil um tratamento específico ? as drogas......
Pressionada pelo setor farmacêutico, indústria recua 0,8% em janeiro15/03 A indústria brasileira começou o ano sem fôlego, com perda continuada de dinamismo. Em janeiro, a produção industrial registrou queda de 0,8% na comparação com o mês imediatamente anterior, divulgou o IBGE nesta quarta-feira. Pelo terceiro mês consecutivo sem......

Voltar para Notícias