Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 04 de Outubro de 2019 às 18h40

Comprovação de porte de empresa só de forma eletrônica

Medida vale a partir de 1º de novembro de 2019. Empresas que já atualizaram o porte no exercício de 2019 não precisam reencaminhar a documentação pelo Sistema Solicita.
A Anvisa informa que, a partir do próximo dia 1º de novembro, a comprovação de porte econômico de empresas só poderá ser encaminhada para a Agência por meio do Sistema Solicita, uma solução tecnológica para o peticionamento eletrônico. Depois dessa data, documentos sobre comprovação de porte de empresa encaminhados para a Anvisa na forma física serão devolvidos ao interessado.

Atualmente, as empresas podem optar pelo envio dos documentos de forma física ou de forma eletrônica. Com a medida, a Agência espera dar maior celeridade ao trâmite de recebimento e análise da comprovação de porte.

Além disso, diante da não adaptação de várias empresas quanto à comprovação de porte econômico para assuntos de petição diferenciados (secundários e primários), optou-se por padronizar a referida petição, que permanece no Sistema Solicita, com um único código de assunto: "70571 ? COMPROVAÇÃO DE PORTE ECONÔMICO".

É importante lembrar que as empresas que já atualizaram o porte no exercício de 2019 não precisam reencaminhar a documentação por meio do Sistema Solicita, uma vez que as atualizações feitas não sofrerão alterações no sistema até o prazo de comprovação anual de 2020.

Por: Ascom/Anvisa

Veja também

Anvisa revê normas de boas práticas de fabricação17/05/19 Novas regras sobre o tema entrarão em consulta pública nos próximos dias. Além de equiparar as normas brasileiras a padrões internacionais, medida deve favorecer o comércio de medicamentos nacionais no mercado mundial. A Anvisa colocará em consulta pública a revisão das normas de boas práticas de fabricação (BPF) de medicamentos no Brasil, atualmente estabelecidas pela Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) 17,......
Anvisa proíbe testes rápidos em farmácias19/06/19 Testes laboratoriais remotos são uma forma de ampliar o atendimento à população, aumentando acesso e ampliando escopo de benefícios, se aplicados da forma correta O Ofício 4/2019 proíbe farmácias e drogarias de todo o País a oferecer exames rápidos à......
Especialista enfatiza prioridade na regulamentação da telemedicina28/05/19 A telemedicina muda o modelo de negócio, a remuneração e toda a cadeia da saúde. 2019 é o ano da virada. Estima-se que de 20 a 25% das consultas serão feitas remotamente nos próximos 5 anos. A preocupação desse ano é resolver a questão da consulta remota,......

Voltar para Notícias