Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 26 de Abril de 2019 às 08h44

Dia Nacional da Hipertensão: conheça 5 fatos sobre a doença

Nesta sexta-feira (26) é celebrado o Dia Nacional do Combate à Hipertensão, mal que afeta 36 milhões de brasileiros, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC). Frequentemente negligenciada, a hipertensão é uma doença silenciosa: a maior parte dos pacientes não apresenta sintomas até que um órgão, como coração, cérebro ou rim, seja lesionado.

O que muita gente não sabe é que a pressão alta, se não for tratada da forma correta, pode reduzir a expectativa de vida em até cinco anos e pode ter como consequência outras doenças cardiovasculares, como infarto e Acidente Vascular Cerebral (AVC). Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), essas enfermidades representam a principal causa de morte no mundo, por isso a conscientização é imprescindível. A gerente médica de Cardiometabolismo da Sandoz ? empresa do Grupo Novartis, Luciana Abrahão, comenta fatos importantes sobre a hipertensão. Acompanhe:

1. A pressão alta é uma doença comum e altamente negligenciada
Dados do Ministério da Saúde apontam que 25% das pessoas diagnosticadas com hipertensão não aderem ao tratamento corretamente. O Brasil, em particular, tem vivenciado a ocorrência precoce do problema. ?A maior parte dos hipertensos não adota hábitos saudáveis, tais como a prática de atividade física e uma dieta pobre em sal, o que agrava o cenário?, comenta Luciana Abrahão.

2. Quem tem hipertensão corre maior risco de infarto e outras doenças
A pressão alta faz com que o coração tenha que exercer um esforço maior do que o normal para fazer com que o sangue seja distribuído corretamente no corpo. Se não controlada, é fator de risco para infarto do miocárdio, AVC e outras doenças cardiovasculares.

3. Hipertensos podem fazer atividades físicas
A atividade física regular, após avaliação e liberação médica, auxilia no controle da hipertensão arterial. O exercício ajuda na regulação do sistema nervoso simpático, responsável pelo ritmo da respiração e da pressão arterial.

4. A quantidade de sal na alimentação deve ser drasticamente reduzida
O sal contém sódio, uma substância que, em excesso, pode ter como consequência o aumento de pressão. O sódio obriga o corpo a reter mais líquidos, aumentando o volume de fluidos nos vasos sanguíneos. Com o volume aumentado, os vasos se contraem para equilibrar o fluxo. ?Vasos contraídos diminuem a quantidade de sangue circulando no organismo, mas a pressão de bombeamento do coração continua alterada?, explica. Por isso, é importante que hipertensos controlem a ingestão de sal e de alimentos ricos em sódio.

5. Hipertensão não tem cura, mas há tratamento
Hipertensão é definida como a medida da pressão arterial acima de 14 por 9 com o paciente em repouso. É possível controlar a pressão alta com mudanças no estilo de vida e com a administração medicamentos anti-hipertensivos por via oral. É importante frisar, contudo, que a hipertensão arterial essencial, que acomete a maior parte dos indivíduos, não tem cura definitiva: ?É preciso acompanhamento periódico e uso contínuo de medicamentos?, alerta Luciana Abrahão.

Fonte: Guia da Farmácia
Link: https://guiadafarmacia.com.br/dia-nacional-da-hipertensao-conheca-5-fatos-sobre-a-doenca/

Veja também

Visitas regulares ao oftalmologista previnem as principais doenças oculares11/07/19 Admirar as cores, pessoas, objetos, a natureza e ter a percepção das coisas pelo olhar, traduzir a realidade pelos olhos faz parte de quem tem o privilégio da visão. Apesar disso, muitas vezes esquecemos de dar atenção necessária para esse órgão tão importante. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cegueira afeta 39 milhões de pessoas em todo o mundo e cerca de 60% das cegueiras são evitáveis. E por que......
Venda de remédios em supermercados pode virar lei22/07/19 O plano para transformar medicamentos em mercadorias continua. Depois da tentativa do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) de emplacar um projeto de lei para liberar medicamentos isentos de prescrição (MIPs) em todos os estabelecimentos comerciais, governo e......
Semana da Vacinação nas Américas tem como meta proteger 70 milhões de pessoas23/04/19 A Semana de Vacinação nas Américas, realizada pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), tem como lema este ano ?Proteja sua comunidade. Faça sua parte. #VacineSe?. A meta é imunizar cerca de 70 milhões de pessoas contra doenças evitáveis. A semana......

Voltar para Notícias