Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 24 de Julho de 2019 às 08h00

Governo quer rever modelo de parcerias para produção de remédios

Método atual de parcerias para produção de medicamentos visa transferência de tecnologia entre laboratórios farmacêuticos privados e públicos

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse à Folha de S. Paulo que o governo pretende rever o modelo atual de parcerias que visam a transferência de tecnologia entre laboratórios farmacêuticos privados e públicos para produção de medicamentos.

Esses contratos, chamados de Parcerias de Desenvolvimento Produtivo (PDPs) são usados para permitir a produção, no país, de medicamentos e outros produtos estratégicos para o Sistema Único de Saúde (SUS) e que são geralmente importados ou representam alto volume de gastos ao governo.
Atualmente, o ministério tem 93 dessas parcerias. Nesta semana, a suspensão de 19 contratos dentro desse grupo gerou polêmica entre entidades do setor.

Fonte: Guia da Farmacia
Link: https://guiadafarmacia.com.br/governo-quer-rever-modelo-de-parcerias-para-producao-de-remedios/

Veja também

Simplificadas regras para farmácias e drogarias02/07/19 Novo regulamento, que deve ser publicado nos próximos dias, otimiza o processo de concessão de Autorização de Funcionamento e de Autorização Especial de farmácias e drogarias A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)aprovou a atualização do marco regulatório que trata sobre os procedimentos para a concessão, a alteração e o cancelamento da Autorização de Funcionamento (AFE) e de......
O app de quem não tem plano22/05/19 Pelos cálculos do Minis-tério da Saúde, uma consulta médica pelo SUS pode demorar mais de 12 meses em várias regiões do País. Ao descobrir isso, o empresário Felipe Burattini decidiu criar uma plataforma com o objetivo desburocratizar a saúde. Foi aí que......
Adoção de medidas para medicamentos para pressão alta09/05/19 Medidas foram adotadas após a detecção de impurezas em medicamentos à base de um princípio ativo conhecido como ?sartana?. A Anvisa vem adotando uma série de medidas após a detecção de impurezas, chamadas de nitrosaminas, no princípio ativo ?sartana?, que......

Voltar para Notícias