Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 19 de Março de 2019 às 14h06

Medicamentos de marca ainda são a preferência entre consumidores

Segundo estudo do IFEPEC, 63,55% dos brasileiros já compraram pelo menos uma unidade destes fármacos

Estudo indica 63,55% dos brasileiros compraram pelo menos uma unidade de medicamentos de marca. Os dados, extraídos da Pesquisa de Comportamento do Cliente na Farmácia 2019, realizada pelo Instituto Febrafar de Pesquisa e Educação Corporativa (IFEPEC) em parceria com o Núcleo de Economia Industrial e da Tecnologia (NEIT), do Instituto de Economia da Universidade de Campinas (Unicamp), também revelam que 63,45% dos entrevistados compraram pelo menos uma unidade de genérico.

Nos casos em que as pessoas adquiriram apenas um tipo de medicamento, o produto de marca volta a se destacar com 27,20% comprando apenas esse tipo de produto. Já 23,53% optaram apenas por genéricos e 4,60% por não medicamentos. ?Observa-se um aspecto interessante desse mercado, que é o crescimento dos genéricos, porém ainda se tem uma força contínua dos medicamentos de marca. Também se observa que a aquisição de não medicamentos normalmente vem associada a aquisição de medicamentos?, explica o presidente da Federação Brasileira das Redes Associativistas e Independentes de Farmácias (Febrafar), Edison Tamascia, que encomendou a pesquisa.
Segundo o executivo, o crescimento do espaço dos genéricos se deve a vários fatores, entre os quais se destacam os valores que são mais acessíveis e o crescimento na confiança desses produtos por parte da população. ?O objetivo da pesquisa foi extrair um retrato mais próximo da realidade do comportamento dos clientes nas farmácias de cada região e dos seus respectivos agrupamentos e, com isso, permitir aos proprietários de farmácias e de redes de lojas a análise das características do mercado, facilitando a tomada de decisão?, avalia Tamascia. A pesquisa entrevistou quatro mil clientes de farmácias. Os consumidores foram abordados no momento que saíam das lojas nas quais efetuaram a compra.

Fonte: Guia da Farmácia
Link: https://guiadafarmacia.com.br/medicamentos-de-marca-ainda-sao-a-preferencia-entre-consumidores/

Veja também

O caminho do sangue: entre a doação e a transfusão25/06/19 Você já deve ter se perguntado qual é o caminho que o sangue doado percorre antes de ser utilizado em uma transfusão e como são os cuidados para que ele chegue da maneira adequada a pessoa que precisa. Depois de coletado, o material passa por uma série de procedimentos e exames que garantem a preparação correta das bolsas de sangue. Isso para que, quando a transfusão ocorra, os hemocomponentes estejam corretamente......
Venda de remédios em supermercados pode virar lei22/07/19 O plano para transformar medicamentos em mercadorias continua. Depois da tentativa do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) de emplacar um projeto de lei para liberar medicamentos isentos de prescrição (MIPs) em todos os estabelecimentos comerciais, governo e......
Inteligência artificial pode prever mortes prematuras, diz estudo16/04/19 Pesquisa em Nottingham diz que machine learning melhorará a saúde preventiva Um estudo realizado por especialistas da Universidade de Nottingham, na Inglaterra, indica que computadores que são capazes de prever mortes prematuras de humanos serão de grande......

Voltar para Notícias