Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 18 de Abril de 2019 às 09h41

Mitos e verdades sobre osteoporose

Doença já acomete 10 milhões de brasileiros

A osteoporose é uma patologia que acelera a perda de massa óssea, deixando os ossos mais frágeis e porosos. Ela costuma surgir na terceira idade e provoca a diminuição da absorção de minerais e de cálcio. Com isso, os riscos de fraturas aumentam, principalmente no quadril, costela e colo do fêmur. De acordo com a Fundação Internacional da Osteoporose, a doença atinge 10 milhões de brasileiros e deve crescer 32% até 2050 no País. Diante deste cenário, o reumatologista na Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, Dr. Levi Jales Neto, esclarece os principais mitos e verdades sobre a doença:

MITO ou VERDADE: apenas as mulheres desenvolvem a osteoporose

MITO. Homens também têm osteoporose, sendo prevalente após os 70 anos. Segundo a Fundação Internacional da Osteoporose, uma em cada três mulheres acima de 50 anos terá osteoporose. Entre os homens, o índice é de um em cinco. A chance entre as mulheres é maior por causa da diminuição de alguns hormônios após menopausa.

MITO ou VERDADE: apenas os laticínios são fontes boas de cálcio

MITO. Existe cálcio também de origem vegetal. Como nozes, sementes, alho e vegetais de folha verde escura. É importante a consulta com o nutricionista para adaptar fontes variadas de cálcio no cardápio.

MITO ou VERDADE: hábitos alimentares ruins na infância podem influenciar

VERDADE. A massa óssea é formada na infância e adolescência e necessita do cálcio e da vitamina D para sua formação, geralmente proveniente de uma dieta equilibrada e exposição solar.

MITO ou VERDADE: é arriscado praticar atividades físicas

MITO. Somente as atividades de elevado impacto e atividades com flexão da coluna podem aumentar a incidência de fratura.

MITO ou VERDADE: osteoporose pode ser uma doença silenciosa

VERDADE. A maioria dos casos de osteoporose só é diagnosticada após a fratura, porque não apresentam sintomas. Por isso, é necessária a investigação com densitometria óssea durante os exames anuais para tratarmos preventivamente.

MITO ou VERDADE: osteoporose não possui cura e tratamento

MITO. Apesar de não haver cura, existem diversos tratamentos incluindo medicamentos e medidas não medicamentosas. O tratamento depende de cada paciente, por isso é fundamental acompanhamento médico.

MITO ou VERDADE: alimentação e exercícios físicos são formas de prevenção

VERDADE. Diversos estudos comprovam essas medidas como prevenção. Por isso, é fundamental a inclusão de alimentos ricos em cálcio na dieta, além de manter uma alimentação equilibrada. Já a atividade física exerce pressão sob o tecido ósseo, estimulando sua formação e rigidez. Sem contar o desenvolvimento do reflexo e equilíbrio, prevenindo quedas.

Fonte: Guia da Farmácia

Link : https://guiadafarmacia.com.br/mitos-e-verdades-sobre-a-osteoporose/

Veja também

UFG desenvolve medicamento que reverte overdose de cocaína10/05/19 Lançamento no mercado depende de parceria com a indústria farmacêutica A Universidade Federal de Goiás (UFG) anunciou o desenvolvimento de uma nanopartícula capaz de capturar a cocaína em circulação na corrente sanguínea e, assim, evitar os efeitos da droga, até mesmo quando consumida em quantidades que causam ?overdose? e podem levar à morte. A nanopartícula é administrada por meio de medicamento intravenoso.......
Lei geral de proteção de dados obriga farmácias a se adequarem08/07/19 A implementação da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) deve ocorrer com urgência nas empresas da área da saúde devido ao caráter de suas informações Entrará em vigor em agosto de 2020 a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) e sua......
Médicos recorrem à tecnologia para aliviar a dor de pacientes02/04/19 Tratamentos que unem técnicas modernas com medicamento prometem reduzir incômodos, e podem ser encontrados em hospitais públicos e clínicas particulares Rio - Sentir dor não é normal. E para alcançar o alívio, ou até mesmo cessar esses incômodos, pacientes......

Voltar para Notícias