Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 21 de Outubro de 2019 às 08h40

O descarte correto de medicamentos

O descarte correto de medicamentos auxilia na preservação ambiental, evitando a poluição do solo e dos rios

Sabe aquela cartela de comprimidos que está esquecida ?possivelmente até vencida? dentro de uma gaveta na sua casa? Como se desfazer dela?

Se a primeira coisa que vem à cabeça é jogar no ?lixo?, cuidado. Jogar remédios em lixeiras comuns ou em pias e privadas não é certo. O correto é encontrar um local adequado de descarte, como farmácias que têm posto de coleta.
Não são, porém, todas as farmácias ou unidades básicas de saúde que fazem a coleta. Pelo site Programa Descarte Consciente é possível encontrar locais que cuidam da coleta e destinação adequada ao remédio.

Descarte correto de medicamentos
Segundo o membro do Conselho Federal de Farmácia (CFF), Éverton Borges, o descarte incorreto leva a danos ambientais, como contaminação de água, solo e animais, e gera risco de impacto em populações vulneráveis, como quem trabalha em lixões.

?Temos um consumo exagerado e irracional de medicamentos. Hoje é muito fácil adquiri-los, então há remédios em excesso, sem indicação. Acabamos com muitos medicamentos sobrando em casa?, diz Borges.

De acordo com o especialista, a indústria poderia facilitar o fracionamento dos medicamentos, evitando, dessa forma, que pacientes adquirissem embalagens maiores do que o necessário. Ele diz, contudo, que há resistência do setor para que haja a mudança.

Fonte: Guia da Farmácia

Veja também

Desafios da inovação no setor farmacêutico brasileiro24/09/19 No Brasil, o setor farmacêutico e de saúde ainda enfrentam muitos desafios para inovar. A burocracia e a falta de incentivo aos projetos influenciam negativamente nessa jornada Apesar de já existirem iniciativas de sucesso, o ambiente de inovação no Brasil não é dos mais fáceis, quando comparado a outros países, inclusive no setor farmacêutico. No Vale do Silício, nos Estados Unidos, considerado berço da inovação......
OMS alerta para o risco do consumo de gordura trans23/05/19 Em um informe divulgado nesta quarta-feira (22), em Genebra, na Suíça, a Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou que ao menos 5 bilhões de pessoas em todo o mundo convivem com os riscos de desenvolver doenças associadas ao uso das gorduras trans......
Anvisa debate liberação do cultivo de Cannabis para fins medicinais11/06/19 Se parecer for aprovado, proposta será levada à consulta pública A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) realiza, nesta terça-feira (11), a partir das 10h, a 14ª reunião pública de 2019 e pauta inclui duas propostas de......

Voltar para Notícias