Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 28 de Março às 08h34

O potencial dos não medicamentos

Nem só de medicamentos é feita uma farmácia. Outros artigos podem trazer um incremento importante para os resultados, como itens de Higiene & Beleza e bomboniere

Entre as categorias de não medicamentos com maior crescimento no canal farma, segundo dados do Close-Up International, estão os dermocosméticos, desodorantes, suplementos alimentares e guloseimas em geral.

Aliás, dentro da categoria de não medicamentos, a área de alimentos é a que mais cresce. Isso mostra o alto potencial da categoria de bomboniere como um incremento de vendas. Balas, pastilhas, drops, chicles e chocolates representam até 90% do faturamento da área de bomboniere, com destaque para 41% da participação das balas, segundo dados do Close-Up.
Em relação aos itens de Higiene & Beleza (H&B), o que as farmácias têm feito para alavancar as vendas desses produtos é dar destaque a estas categorias no ponto de venda (PDV), a fim de aumentar a visibilidade, além do desenvolvimento de kits promocionais.

O gerente de conta do Close-Up realizou a palestra Oportunidades em vendas de não medicamentos, na sala Varejo em Foco, coordenada pela Contento Comunicação, durante a Abradilan Conexão Farma 2019. Segundo ele, várias categorias de não medicamentos estão crescendo em ritmo diverso do comum e merecem atenção, pois quando absorvidas, podem gerar resultados lucrativos.

Fonte: Guia de Farmácia
Link: https://guiadafarmacia.com.br/o-potencial-dos-nao-medicamentos/

Veja também

Abihpec ressalta importância de cuidados especiais no inverno05/08 Caderno de Tendências 2019-2020, elaborado pela Abihpec, mostra que consumidores estão cada vez mais cientes da influência do clima no corpo Nesta época do ano, além do frio, o ar fica mais seco na maioria dos estados brasileiros, o que faz com que a pele e os cabelos demandem cuidados ainda mais especiais. Sempre atenta e preocupada com a saúde do consumidor, a Associação Brasileira da Indústria de Higiene......
Idosos que tomam vitamina D têm melhor memória, mas maior risco de queda15/03 Um estudo feito com mulheres idosas mostrou que a ingestão de três doses de vitamina D a mais do que a recomendação diária provocou uma melhora na memória e no aprendizado das voluntárias, mas piorou o tempo de reação delas. Os pesquisadores acreditam que......
Cientistas descobrem estágios iniciais do mal de Parkinson14/10 Estudo teve participação de pesquisadores brasileiros Pesquisadores da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da University of Virginia School of Medicine, dos EUA, descobriram os estágios iniciais da doença de Parkinson. O estudo com a conclusão......

Voltar para Notícias