Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 30 de Agosto de 2019 às 08h02

Público masculino vem ganhando espaço no mercado de HPC, diz Abihpec

A Abihpec confirma tendência de que o público masculino está cada vez mais preocupado com os cuidados pessoais e mantém empresas atentas ao seu comportamento de consumo

Preocupado com a saúde e com o bem-estar, o público masculino vem ganhando cada vez mais espaço no mercado de produtos de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (HPC). Assim, fazendo com que as empresas do setor concentrem sua atenção neste nicho, principalmente às vésperas do Dia dos Pais.

De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), este segmento obteve uma ampliação da cesta de compras. As vendas eram mais concentradas em desodorantes, lâminas de barbear e perfumes. Agora as vendas envolvem outras categorias, como xampus e finalizadores para os cabelos e os artigos destinados aos cuidados com a barba.

?O interesse dos homens por produtos específicos para as suas necessidades vem aumentando a cada dia. Afinal, eles entendem que o cuidado pessoal contribui para se ter mais saúde, bem-estar e autoestima?, explica o presidente-executivo da Abihpec, João Carlos Basilio.

A onda de barbearias é um sinal de que o público masculino também tem buscado serviços exclusivos. Além disso, os frequentadores destes estabelecimentos ainda esperam ser atendidos por profissionais devidamente capacitados. Eles esperam que os profissionais tratem do cabelo e da barba e deem boas dicas de cuidado e produtos para uso em casa.

Dessa forma, atentas aos movimentos de mercado, as empresas do setor já desenvolvem itens destinados especialmente a este público. Exemplo disso é a maior oferta de produtos que, em sua formulação, levam em conta as características do homem. Por exemplo, a pele do homem tende a ser mais oleosa do que a das mulheres.

?A indústria de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos acompanha as tendências do mercado masculino. Ela oferece cada vez mais produtos capazes de satisfazer as diferentes preferências e necessidades do consumidor?, afirma Basilio.

Fonte: Abihpec

Veja também

O efeito do acordo de livre-comércio nos medicamentos genéricos09/07/19 As exigências da União Europeia para o acordo podem prejudicar a produção de medicamentos genéricos no Brasil Apesar das inegáveis vantagens, o acordo de livre comércio do Mercado Comum do Sul (Mercosul) com a União Europeia (UE) pode prejudicar a produção de medicamentos genéricos no Brasil. Isso porque a UE almeja que os integrantes do Mercosul se comprometam a só quebrar patentes cinco anos após o registro do......
Setor comemora simplificação de abertura de farmácias25/04/19 Fim à burocracia! Na última segunda-feira, dia 22, a Anvisa concedeu de uma só vez 1.350 pedidos de Autorização de Funcionamento de Empresa (AFE), documento exigido para a abertura de farmácias e drogarias. A medida acompanha a nova RDC 275/2019, publicada no......
Finalizado teste inicial do sistema de rastreabilidade de medicamentos08/05/19 Após um ano de testes e participação de mais de 15 empresas, entre indústrias, distribuidoras, farmácias e hospitais, a Anvisa concluiu, no último dia 28 de abril, a fase experimental do Sistema Nacional de rastreabilidade de medicamentos (SNCM). Foram......

Voltar para Notícias