Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 14 de Março às 11h29

Um bom layout pode te ajudar a identificar público-alvo da loja

Muitos pontos de venda (PDVs) têm seu espaço reduzido ou insuficiente, tendo em vista a quantidade de produtos que podem ser comercializados nas farmácia

Por isso, a escolha do portfólio deve ser estratégica e bem estudada, já que, nestes casos, não é possível investir em um mix completo para cada categoria. Para isso, o varejista precisa identificar alguns fatores: qual é o foco do seu negócio, quem é o seu público-alvo, suas necessidades e preferências. Com isso em mãos, é possível pensar nas categorias mais interessantes para a loja e estabelecer um layout que as coloque em evidência, atraindo os consumidores. É necessário, também, buscar um diferencial dentro do segmento escolhido, pois, atualmente, diversos produtos podem ser encontrados em vários tipos de comércios. Para conseguir superar a concorrência tão acirrada e fidelizar o shopper, o PDV deve apresentar um ?algo a mais?.

Fonte: Guia da Farmácia
Link: https://guiadafarmacia.com.br/um-bom-layout-pode-te-ajudar-a-identificar-publico-alvo-da-loja/

Veja também

Aprovada nova opção de tratamento para o câncer22/03 Produto é o primeiro biossimilar do bevacizumabe a ser registrado no Brasil Mais uma opção de tratamento para o câncer passa a estar disponível no mercado. É que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou, nesta segunda-feira (11), o registro do medicamento biológico Mvasi (bevacizumabe). O produto é o primeiro medicamento biossimilar do bevacizumabe a ser registrado no Brasil e teve seu......
Anvisa reavalia RDC sobre serviços farmacêuticos18/07 A Anvisa realiza no dia 1º de agosto um Diálogo Setorial com o objetivo de realizar um levantamento completo de informações, críticas e sugestões sobre a utilização de testes laboratoriais remotos (TLR) nas farmácias. Todos os dados coletados orientarão os......
OMS: crianças devem ter tempo em frente a telas limitado a 1 hora25/04 A Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgou, nesta quarta-feira (24), um estudo que diz que crianças de até 4 anos devem passar, no máximo, uma hora em frente a telas de forma sedentária, como assistir TV ou vídeos ou jogar no computador. Para quem tem até......

Voltar para Notícias