Quero ser cliente
Central de Vendas 54 99694 8391
Postado em 02 de Abril de 2019 às 10h01

Aposentados podem ter 50% de desconto nos medicamentos

Expectativa é que Comissão de Assuntos Sociais vote projeto nesta quarta-feira

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) pode votar nesta quarta-feira (3) o projeto que concede a aposentados e pensionistas um desconto de 50% na compra de medicamentos (PLS 235/2018). Apresentado pelo senador Paulo Paim (PT-RS), a proposta conta com o relatório favorável da senadora Mailza Gomes (PP-AC). Caso aprovado, o texto poderá seguir para a análise da Câmara dos Deputados.

De acordo com o projeto, o desconto será subsidiado pelo governo federal no âmbito do programa Farmácia Popular, que é mantido pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Para a relatora, é um bom momento para a aprovação da proposta, já que tramita no Congresso a reforma da Previdência (PEC 6/2019), encaminhada pelo governo, ?com a perspectiva de redução de direitos aos aposentados e pensionistas?.

Impacto positivo no orçamento dos aposentados
A senadora menciona o impacto que o preço dos medicamentos têm no orçamento dos cidadãos. Estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), observou Mailza, mostra que os medicamentos já respondem por mais de 40% dos gastos das famílias com saúde. Levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta um aumento constante nestes gastos, disse a senadora. Em 2015, essas despesas corresponderam a 9,1% do Produto Interno Bruto (PIB), contra 8,7% em 2014, sendo que 5,1% vieram das famílias, e 3,9% dos governos. Apenas com medicamentos, os gastos chegaram a R$ 92,5 bilhões, aproximadamente 1,5% do PIB.

Para Mailza, esses números não captam totalmente a realidade da população de idosos de baixa renda, a ser beneficiados, com a proposta pautada na CAS. Ela entende que para estes segmentos sociais, ?o problema é ainda mais grave?. ?Um quadro representativo foi percebido no Espírito Santo. Um levantamento nesse estado mostrou que os gastos com saúde chegam até a 57% da renda familiar no caso de idosos, especialmente porque é nesta etapa da vida que os custos dos planos de saúde são maiores?, concluiu a senadora.

Fonte: Agência Senado

Veja também

Cortar comprimidos ao meio pode trazer sérios riscos à saúde02/09/19 O hábito comum de cortar comprimidos ao meio pode trazer sérios riscos à saúde e provocar até intoxicação Cortar medicamentos ou modificar a forma do comprimido ou cápsula são práticas que podem ser prejudiciais à saúde. Tal atitude pode interferir no tratamento e, até mesmo, causar intoxicação e superdosagem. Os medicamentos são produzidos com tecnologias para que tenham o resultado esperado e com o menor efeito......
Conheça vacinas contra gripe aprovadas para 201919/03/19 Geralmente, as vacinas da influenza sazonal são modificadas a cada ano, conforme recomendação da Organização Mundial da Saúde. Seis vacinas contra gripe (influenza) tiveram aprovação da Anvisa para uso no Brasil, em 2019. Os produtos autorizados são os que......
Inaladores e soros fisiológicos têm grande procura nas farmácias19/09/19 Dos soros fisiológicos aos inaladores e vaporizadores, as farmácias já contabilizam um aumento considerável de venda de uma semana para outra devido ao tempo seco O tempo seco, dentro e fora de casa, tem levado os pais às farmácias em busca de itens que......

Voltar para Notícias