Quero ser cliente
Central de Vendas 0800 707 4774 ou 54 3544 1800
Postado em 09 de Setembro de 2019 às 10h55

Taxas: restituições podem ser requeridas eletronicamente

A partir de 1º/9, está disponível o peticionamento eletrônico via SEI para requerimentos de restituição da Taxa de Fiscalização de Vigilância Sanitária e multa.
Requerimentos de restituição de valores recolhidos a título de Taxa de Fiscalização de Vigilância Sanitária (TFVS) e multa poderão ser realizados, a partir de 1º/9, por meio do Sistema Eletrônico de Informações (SEI). A novidade simplifica e torna mais célere a formalização do peticionamento pelo usuário, promovendo a desburocratização e a qualificação do serviço.

Passo a passo
1- O interessado deverá se cadastrar, previamente, como usuário externo no SEI.

2- No ambiente de peticionamento, estará disponível o formulário de requerimento de restituição a ser preenchido.

3- Documentos comprobatórios, como GRU e comprovante de pagamento, deverão ser anexados em formato PDF ao peticionamento.

4- Após a conclusão do peticionamento, o usuário receberá, no e-mail cadastrado no SEI, o recibo de protocolização do pedido de restituição para acompanhar o andamento do processo.

Obs.: Tornou-se desnecessário o envio do contrato social e eventual alteração que identifique os atuais responsáveis legais do agente regulado e/ou procuração. A medida encontra amparo no Decreto 9.094/2017, que dispõe sobre simplificação do atendimento prestado aos usuários dos serviços públicos.

Interposição de recursos
Para interpor recurso à decisão emitida em análise ao requerimento, o interessado deverá utilizar o mesmo ambiente de peticionamento do SEI. Nesse caso, deve acessar a opção ?Peticionamento intercorrente? e indicar o número do processo SEI de restituição para o qual deseja recorrer da decisão.

Requerimento físico
Os requerimentos realizados por meio físico serão aceitos somente se protocolizados, presencialmente, na sede da Anvisa, em Brasília, ou encaminhados por via postal até 13/9/2019. Após essa data, serão admitidos, exclusivamente, pleitos realizados por meio de peticionamento via SEI.

Fonte: Ascom/ANVISA

Veja também

Cientistas alertam para risco de chikungunya em áreas de mata09/04/19 Mosquitos silvestres têm potencial para transmitir vírus O vírus da chikungunya pode sair das cidades para as matas brasileiras, tornando-se silvestre e impossibilitando a erradicação da doença no país. O alerta é de cientistas dos institutos Oswaldo Cruz e Pasteur, na França, que tiveram artigo publicado na revista científica internacional PLOS Neglected Tropical Diseases. O documento foi divulgado nesta......
Anvisa aprova novo medicamento de ação prolongada para esquizofrenia06/05/19 Tratamento é o primeiro administrado em apenas quatro aplicações ao ano A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) acaba de aprovar um novo medicamento para esquizofrenia, desenvolvido pela Janssen, empresa farmacêutica da família de companhias......
Um remédio à espera de virar lei05/04/19 Desde 2015, quando passou a permitir a importação de produtos à base de cannabis — em especial, o canabidiol, um dos compostos da planta, popular por seus efeitos terapêuticos —, a Anvisa observa uma escalada de tais pedidos. Se naquele primeiro ano foram 75......

Voltar para Notícias